A construção de sujeitos de direitos e a nomeação
de exclusões são realçadas, seja através das diferentes faces da discriminação e da violência, seja por meio de formas de sociabilidade e estética e de práticas artísticas
e culturais...

Marcadores sociais
da diferença
gênero, sexualidade, raça
e classe em perspectiva antropológica

organizadores:

Gustavo Santa Rosa Saggese, Marisol Marini, Rocío Alonso Lorenzo, Júlio Assis Simões e Cristina Donza Cancela

projeto gráfico:

Antonio Kehl

acabamento:

brochura

páginas:

182

formato:

16 cm x 23 cm

ISBN brochura:

78-85-781-6216-0

Com textos de 26 autores, esta coletânea apresenta uma amostra significativa do leque amplo e crescentemente diversificado de recortes de investigação antropológica sob a rubrica dos “marcadores sociais da diferença”, resultado de um esforço de trocas e interlocuções voltadas à formação de jovens pesquisadores e à produção de conhecimentos. A questão central da materialização da diferença é elaborada em desenvolvimentos instigantes, que problematizam experiências sociais e sentidos de corporalidade.

 

Também se destacam diferentes reflexões sobre gênero e sexualidade, assim como sobre raça e classe, como formas articuladas e estruturantes de desigualdade, que operam em um âmbito variado de relações sociais e cenários institucionais. A construção de sujeitos de direitos e a nomeação de exclusões são realçadas, seja através das diferentes faces da discriminação e da violência, seja por meio de formas de sociabilidade e estética e de práticas artísticas e culturais.

 

Descortina-se, pois, uma rica agenda de pesquisas e reflexões atentas aos problemas postos pelas diferenças socialmente instituídas, sem perder de vista a importância das lutas pelos direitos fundamentais e por justiça social.